domingo, 19 de julho de 2015

Muito equilíbrio na final do Rally Transcatarina

Dupla de Blumenau perdeu o título nos critérios de desempate

A dupla campeã.
Foto de Kako Waldrich
(Divulgação TranspoTech)
A dupla paranaense Rone Branco e Enedir Silva Júnior levou a melhor no último dia do 7º Rally Transcatarina, conquistando o título geral da categoria master, a principal da competição. Após a realização das etapas deste sábado, eles superam a Flávio Kath e Rafain Walendowski. A dupla de Blumenau ficou com a segunda colocação geral, após liderar dois primeiros dias. As duas duplas chegaram com apenas quatro pontos de diferença para fase final e empataram em 175 pontos na soma geral. A definição foi pelos critérios de desempate.

O encerramento do Transcatarina ocorreu com a prova final na Arena Jaraguá, na tarde do último sábado, após 830 quilômetros percorridos, iniciados em Fraiburgo, na quarta-feira passada.

Os vice-campeões
Foto de Kako Waldrich
(Divulgação TranspoTech)
Rone Branco e Enedir Silva Júnior quase não acreditavam mais na possibilidade de vitória. Na etapa de sábado tiveram um problema nos pneus do veículo. “Alcançar esse título é uma sensação muito especial", disse Rone. Os blumenauenses também enfrentam alguns problemas técnicos. Na sexta, penúltimo dia de provas, eles completaram o trecho com apenas algumas marchas, segundo revelou o navegador Rafain Walendowski.








A etapa final

Helicóptero de apoio
Foto de Kako Waldrich
(Divulgação TranspoTech)
Após três dias de muita chuva e céu nublado e chuva, o sol apareceu no sábado, na região Norte de Santa Catarina, quando os off-roaders passaram por Corupá antes da chegada em Jaraguá do Sul. A etapa derradeira teve 180 quilômetros, com 110 quilômetros navegados, concluídos em sete horas.

Pela manhã, a prova passou por plantações de eucalipto, em meio a estradões que apresentaram um pouco de cascalho, terreno liso e travessias de rios. No período da tarde, o rali adentrou propriedades particulares de cultivo de bananas.



Em uma pista montada no Seminário de Corupá, o chão molhado fez com que os veículos patinassem, exigindo braço dos pilotos. Por fim, um circuito de terra de 2 quilômetros no Ginásio Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul, deu o toque final do Rally Transcatarina com terreno firme, que levantou poeira.

Ao longo de quatro dias, as mais de 180 duplas inscritas percorreram 830 quilômetros, entre trechos cronometrados e deslocamentos, passando por Fraiburgo, Timbó Grande, Canoinhas, Major Vieira e Rio Negrinho. Depois, partiram rumo a Corupá para a grande chegada em Jaraguá do Sul.

TranspoTech

Pela primeira vez, a TranpoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação de Blumenau patrocinou a Transcatarina. A parceria pode se estender para o próximo ano. Ricardo Oribka, diretor da empresa e também off-roader, participou da competição como apoio da categoria “Adventure 3”. Ao chegar, não escondeu a satisfação com os resultados alcançados e a exposição da marca num evento de tamanha repercussão.

Edson João da Costa, diretor da empresa SC Racing – também de Blumenau, destacou que a presença da TranspoTech foi fundamental para a organização do evento. “Ela veio para agregar. Só temos a agradecer esse suporte”, antecipando que dentro de duas semanas inicia o planejamento da edição do próximo ano e o processo de inscrições dos participantes.

A TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação é uma empresa blumenauense, com operações nos três estados da Região Sul. Oferece ao mercado soluções para a movimentação da produção dentro de uma empresa, de maneira ágil, rápida e segura. As soluções vão da venda de máquinas novas (escavadeiras e empilhadeiras), locação até a manutenção dos equipamentos.

Classificação Geral do 7º Rally Transcatarina na Categoria Master

1° Rone Branco e Enedir Silva Júnior (Curitiba), 175 pontos
Flávio Kath e
Rafain Walendowski
2° Flávio Kath e Rafain Walendowski (Blumenau), 175 pontos
3° Acyr Hideki e Renan Medeiros, 155 pontos
4° Oscar Schmidt e Gustavo Schmidt, 155 pontos
5° Elvis Bonatti e Carlos Brandenburgo, 147 pontos

Giovani Vitória | Assessor de Imprensa da TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação | Jornalista/Rotariano | Informe Comunicação

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Blumenauenses assumem a Liderança do 7º Rally Transcatarina

TranspoTech de Blumenau é patrocinadora master

Fotos: Gustavo Epifanio/DFOTOS
Com os 74 pontos do primeiro dia, somados aos 70 desta sexta-feira, a dupla blumenauense Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowsky assumiu a liderança geral da categoria master do 7º Rally Transcatarina. Foram percorridos 300 quilômetros nesta sexta, durante a segunda etapa, com 140 quilômetros de trecho cronometrado e nove postos de observação, entre os municípios de Canoinhas e Rio Negrinho, passando por Major Vieira.

Na classificação geral, a dupla blumenauense tem quatro pontos a mais que o piloto e navegador Rone Branco e Enedir Silva Junior, o Bolacha, de Curitiba (144 a 140). Neste sábado, último dia de rally, os competidores deixam Rio Negrinho em direção a Corupá, com chegada na Arena de Jaraguá do Sul no início da tarde.

O 7º Rally Transcatarina é de regularidade e iniciou na última quarta-feira, na cidade de Fraiburgo, no meio-oeste de Santa Catarina, com o prólogo que definiu a ordem de largada para a primeira etapa. A dupla de Blumenau não figurou entre os cinco primeiros, mas foi bem nas duas etapas que valiam pontos.

A empresa blumenauense TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação é a patrocinadora master do evento. A parceria pode resultar na vinda de uma das etapas do rally para Blumenau no próximo ano. O 7º Rally Transcatarina é organizado pela SC Racing, também blumenauense. Um helicóptero de apoio, plotado com a marca da empresa de Blumenau, está garantindo segurança e captura de imagens da competição.

Resultados de sexta-feira (Segunda etapa)

Categoria Master

1º Flávio Kath e Rafain Walendowski (Blumenau), 70 pontos
Acyr Hideki e Renan Medeiros, 65 pontos
Rone Branco e Enedir Junior, 65 pontos
Elvir Bonatti e Carlos Brandenburg, 64 pontos
Paulo de Goes e Hjonatan Ardigo, 63 pontos

Giovani Vitória | Assessor de Imprensa da TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação | Jornalista/Rotariano | Informe Comunicação

Dupla de blumenauense é vice-líder do 7º Rally Transcatarina

Evento conta com o patrocínio da TranspoTech de Blumenau


A dupla blumenauense Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowsky é a vice-líder da categoria máster o 7º Rally Transcarina, após a conclusão da primeira etapa, realizada na última quinta-feira, quando os mais de 180 participantes percorreram 120 quilômetros cronometrados. A competição encerra na tarde deste sábado, com a chega na Arena Jaraguá.

A empresa blumenauense TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação é a patrocinadora master do evento. A parceria pode resultar na vinda de uma das etapas do rally para Blumenau no próximo ano. O 7º Rally Transcatarina é organizado pela SC Racing, também blumenauense. Um helicóptero de apoio, plotado com a marca da empresa de Blumenau, está garantindo segurança e captura de imagens da competição.

O 7º Rally Transcatarina é um rali de regularidade e iniciou na quarta-feira, na cidade de Fraiburgo, no meio-oeste de Santa Catarina, com o prólogo que definiu a ordem de largada para a primeira etapa. A dupla de Blumenau não figurou entre os cinco primeiros, mas foi bem na etapa que valia pontos.

Na quinta, as mais de 180 duplas partiram de Fraiburgo rumo a Canoinhas, com neutro de almoço em Timbó Grande. Foram cerca de 120 quilômetros cronometrados, com várias pegadinhas para os participantes que representam dez estados brasileiros. A competição off-road é válida pela Copa do Brasil de Regularidade.

Programação desta sexta

A competição está tendo sequência nesta sexta, partindo de Canoinhas rumo a Rio Negrinho, passando por Major Vieira. Serão cerca de 300 quilômetros percorridos, com 140 quilômetros de trecho cronometrado.

O segundo dia de provas será bem mais tranquilo, na análise dos organizadores. Isso porque haverá fazendas planas e com piso de cascalho. “As médias de velocidade estarão justas e esperar que todos os participantes aproveitem ao máximo", disse o diretor de prova do rali, Wagner Souza.

Resultados de quinta-feira (Primeira etapa)

Categoria Master

1º Rone Branco e Enedir Silva Júnior, 75 pontos
2º Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowsky (Blumenau), 74 pontos
3º Oscar Schmidt e Gustavo Schmidt, 66 pontos
4º Elvis Bonatti e Carlos Brandenburg, 61 pontos

Giovani Vitória | Assessor de Imprensa da TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação | Jornalista/Rotariano | Informe Comunicação

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Começou disputa pelo título do 7º Rally Transcatarina

Evento conta com o patrocínio da TranspoTech de Blumenau


E foi dada a largada do 7º Rally Transcatarina - rali de regularidade, na tarde desta quarta-feira, em Fraiburgo, no meio-oeste de Santa Catarina. Nesta quinta, as mais de 180 duplas Fraiburgo rumo a Canoinhas, com neutro de almoço em Timbó Grande. Serão cerca de 120 quilômetros cronometrados com várias pegadinhas para os participantes que representam dez estados brasileiros. A competição off-road é válida pela Copa do Brasil de Regularidade.






A empresa blumenauense TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação é a patrocinadora master do evento. A parceria pode resultar na vinda dele para Blumenau no próximo ano. O 7º Rally Transcatarina é organizado pela SC Racing, também blumenauense.

A TranspoTech

A TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação é uma empresa blumenauense, com operações nos três estados da Região Sul. Oferece ao mercado soluções para a movimentação da produção dentro de uma empresa, de maneira ágil, rápida e segura. As soluções vão da venda de máquinas novas (escavadeiras e empilhadeiras), locação até a manutenção dos equipamentos.

A empresa foi fundada em 2001 e detém números expressivos no setor. Sua parceria com a Still em Santa Catarina começou no ano de 2010, quando a marca alemã tinha apenas 9% do market share de vendas. Desde então vem crescendo junto com a marca.

As empilhadeiras elétricas – carro chefe dos negócios e tendência no mercado brasileiro – alcançam 60% de market share em Santa Catarina. No mesmo segmento, a TranspoTech lidera no Paraná, onde detém 30% do mercado.

Atualmente conta com 200 colaboradores diretos e uma frota de mais de 100 veículos oficina para atender uma demanda de aproximadamente 700 máquinas locadas, além de quatro oficinas e atuação em três estados.

O primeiro dia de competição

O sinal verde será dado na última quarta-feira (15/07), com o prólogo que definiu a ordem de largada da primeira etapa do rali. Controlar o carro em um chão com lama e bastante liso foi uma tarefa bem difícil. Principalmente quando é preciso obedecer às médias de velocidade impostas por uma competição. Com chuva então. Nem se fala. Mas o que pode ser complicado para alguns, para outros é a mais pura diversão. Foi dessa forma que se deu início a mais um Rally Transcatarina.

Na tarde de ontem (quarta-feira), foram percorridos os primeiros 10 quilômetros dos 830 quilômetros que estão por vir, entre Fraiburgo e Jaraguá do Sul. A competição terá etapas nas cidades de Timbó Grande, Canoinhas, Major Vieira, Rio Negrinho e Corupá. As categorias existentes são Máster, Graduado, Turismo, Jeep, Passeio e Adventure.

O prólogo percorreu estradas de terra de um pomar de maçã. Nada mais proposital, uma vez que Fraiburgo é conhecida como a Terra da Maçã.

Por conta da chuva ininterrupta desde ontem, 14, o terreno estava bastante liso, exigindo muita habilidade e concentração dos competidores, fazendo com que a pilotagem e a navegação fossem ainda mais precisas. Manter o veículo dentro do curso do caminho foi complicado.

E quem abriu o trecho cronometrado na Master foram Marcos Bezerra e Ronaldo dos Santos, que já mostraram que não tem piso liso que os segurem. Pela Graduados, Dorivaldo Muller e Bianca Ruckl cravaram a melhor pontuação no prólogo.

Reginaldo da Silva e Maurício Gonçalves conquistaram a primeira colocação na ordem de largada da categoria Turismo. E pela Jeep, Kassiano Kerber e Francisco Sette foram os primeiros


Nesta quita, segundo dia de competição, a caravana do Rally Transcatarina partiu de Fraiburgo rumo a Canoinhas, com neutro de almoço em Timbó Grande. Serão cerca de 120 quilômetros cronometrados com várias pegadinhas, lama, médias de velocidade justas e adrenalina de sobra para os participantes que representam dez estados do Brasil: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

Giovani Vitória | Assessor de Imprensa da TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação | Jornalista/Rotariano | Informe Comunicação

terça-feira, 14 de julho de 2015

Começa amanhã a disputa pelo título do 7º Rally Transcatarina

Evento tem patrocínio da TranspoTech de Blumenau e pode resultar na vinda do evento para cidade no próximo ano


Está tudo pronto para a largada do 7º Rally Transcatarina - rali de regularidade, na tarde desta quarta-feira, em Fraiburgo, no meio-oeste de Santa Catarina. A competição off-road é válida pela Copa do Brasil de Regularidade e reunirá mais de mais de 300 pilotos e navegadores. A empresa blumenauense TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação é a patrocinadora master do evento. A parceria pode resultar na vinda dele para Blumenau no próximo ano.

O 7º Rally Transcatarina é organizado pela SC Racing, também blumenauense. O diretor geral da empresa, Edson João da Costa, não quis antecipar detalhes sobre a possibilidade da prova ter uma etapa ou encerramento em Blumenau, mas não escondeu o desejo que ver a competição que organiza passando pela cidade onde operam as duas empresas.


A TranspoTech

A TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação é uma empresa blumenauense, com operações nos três estados da Região Sul. Oferece ao mercado soluções para a movimentação da produção dentro de uma empresa, de maneira ágil, rápida e segura. As soluções vão da venda de máquinas novas (escavadeiras e empilhadeiras), locação até a manutenção dos equipamentos.

A empresa foi fundada em 2001 e detém números expressivos no setor. Sua parceria com a Still em Santa Catarina começou no ano de 2010, quando a marca alemã tinha apenas 9% do market share de vendas. Desde então vem crescendo junto com a marca.

As empilhadeiras elétricas – carro chefe dos negócios e tendência no mercado brasileiro – alcançam 60% de market share em Santa Catarina. No mesmo segmento, a TranspoTech lidera no Paraná, onde detém 30% do mercado.

Atualmente conta com 200 colaboradores diretos e uma frota de mais de 100 veículos oficina para atender uma demanda de aproximadamente 700 máquinas locadas, além de quatro oficinas e atuação em três estados.

A competição

O sinal verde será dado nesta quarta-feira (15/07), às 15h, para o prólogo que definirá a ordem de largada da primeira etapa do rali. O percurso começa em Fraiburgo, numa pista off-road montada atrás do campus da UNIARP - Universidade Alto Vale do Rio do Peixe. De lá segue para um pomar particular de maçã. Serão percorridos 10 quilômetros idos nesta quarta-feira.

Depois de Fraiburgo, a competição rumará para Timbó Grande, Canoinhas, Major Vieira, Rio Negrinho e Corupá. Os 830 quilômetros de prova serão concluídos até a tarde de sábado, quando os off-roaders ultrapassarem o pórtico de chegada montado no Ginásio Arena Jaraguá, no município de Jaraguá do Sul.

O trajeto

O trajeto apresentará alguns trechos inéditos, porém, a receita adotada pela SC Racing para atingir o sucesso de mais uma edição do Rally Transcatarina, não mudará. Para garantir a segurança dos participantes e evitar acidentes, a maior parte da prova passará por propriedades particulares, variando entre aquelas destinadas ao cultivo de maçã, eucalipto e pinus.

Também haverá estradas de terra vicinais e trilhas, e um pouco mais de emoção com a transposição de alguns rios, entre eles São Pedro e Patos. Os quilômetros finais serão percorridos em Jaraguá do Sul, em uma pista indoor de 2 quilômetros, nas dependências do Ginásio Arena Jaraguá. Oportunidade para o público sentir de perto as emoções de um rali fora de estrada.

A médias de velocidades justas, pegadinhas e referências próximas exigirão habilidades dos off-roaders. Em caso de chuva (como ocorre todos os anos), o nível de dificuldade de todas as etapas será ainda maior.

Giovani Vitória | Assessor de Imprensa da TranspoTech Soluções em Equipamentos de Movimentação | Jornalista/Rotariano | Informe Comunicação